Contato
Zoo Pomerode Bioparque - O Maior Zoológico de Santa Catarina

RETORNO DA FAUNA À MATA CILIAR

A vegetação das margens de rios, lagos e outros corpos d’água é vital para a manutenção da qualidade da água e sobrevivência da biodiversidade local. Esta vegetação funciona como um filtro, impedindo a contaminação da água e também evitando processos de erosão que podem comprometer o abastecimento da região, pois ela garante o armazenamento de água nos lençóis freáticos. O Bioparque Zoo Pomerode fez a recomposição da mata ciliar em um trecho de 16 mil m² do Ribeirão Jerusalém que transpassa parte do Zoológico. Animais da fauna nativa foram avistados, incluindo muitas aves que utilizam a nova mata também para se alimentar, como por exemplo os cuiús-cuiús. Este é um dos motivos, entre tantos outros, que reforça a importância de manter as áreas de preservação permanente e também reflete a preocupação do Zoo com o seu entorno e a conservação da fauna local, afinal como diz o velho ditado: são necessárias ações locais para contribuir com o impacto global.