NUTRIÇÃO

Bem-estar

Nós do Zoo Pomerode, entendemos que não basta fornecer alimento aos animais, trabalhamos com Nutrição! Isso significa que garantimos às espécies aqui apresentes os nutrientes básicos necessários em suas diferentes etapas da vida: crescimento, manutenção e reprodução.

As dietas são especificamente elaboradas por Zootecnistas, que são nutricionistas dos animais aqui do Zoo e responsáveis pelo Setor de Nutrição, eles se preocupam com cada detalhe do Manejo alimentar. Dessa forma, levam em consideração a espécie, estado fisiológico e hábito alimentar, não somente do grupo como um todo, mas também de cada indivíduo e suas particularidades.

Tudo é pensado. Os horários das alimentações, a altura e disposição dos potes de água e comida, a quantidade de indivíduos dentro do recinto e a disputa por alimento que isso causará, os comportamentos naturais. Ou seja, é muito detalhe retido e estudado para que a execução seja de sucesso e garanta o bem-estar de todos os animais aqui dentro do Zoo.

As dietas respeitam as necessidades fisiológicas de cada animal, como por exemplo, o oferecimento de itens mais rígidos para roedores, que vão auxiliar no desgaste de seus dentes incisivos ao longo da refeição. Diferente dos pequenos primatas, que vão receber alimentos cortados em menor dimensão, irão segurar os pedaços com suas patas e ingerir em várias mordidas.

Apurando uma média de 800kg de alimento por dia consumido pelo plantel, contamos com uma grande variedade de ingredientes utilizados para o balanceamento das dietas. São utilizados frutas, legumes, verduras, grãos, sementes, capim, alfafa, rações e carnes para atender todas as especificidades de cada espécie aqui do Zoo.

A boa apresentação dos alimentos é fundamental, não só por oferecer qualidade a cada animal, mas também por refletir todo o cuidado no preparo, o que implica diretamente na organização e higiene mantida em todos os processos no Setor de Nutrição.

Quanto à estrutura física instituímos subsetores, estes:

Câmaras frias (refrigeração e congelamento): armazenam carnes, frutas, legumes, ovos e verduras em diferentes temperaturas necessárias;

Galpão de alfafa e capim: estes insumos são ofertados aos herbívoros como elefantes, girafas, hipopótamos e lhamas;

Biotério: salas estruturadas para reprodução e manutenção de ratos, cobaias e gerbil, que fazem parte da dieta de carnívoros como algumas serpentes, rapinantes e jacarés. O manejo com estes animais é demasiado particularizado, realizado por profissionais treinados e com aptidão, comprometem-se com o cuidado necessário para avaliar a saúde e bem-estar de todos os indivíduos. É muito importante que todos saibam que Zoológicos não oferecem cobaias vivas aos carnívoros. O abate é realizado conforme as normas de abate humanitário e só então ofertados numa dieta balanceada e rica em nutrientes;

Estoque de rações: contém os mais variados tipos como extrusadas, peletizadas, farelos, grãos, sementes, frutos secos e suplementos;

Sala de rações: onde são pesadas e consorciadas em função ao animal que será oferecido o alimento;

Bancada de frutas: aqui é selecionado, descascado (quando necessário), cortado e pesado cada item;

Bancada de carnes: utilizada para processar cerca de 50Kg de carnes bovina, suína, de aves e peixes por dia, direcionando estes alimentos em diferentes cortes, tamanhos e moagem para animais onívoros como ursos, lobos, iraras, lontras e também os carnívoros, como leões, pumas, gatos-do-mato, tigres e nossas tão queridas onças;

Expedição: área onde todas as alimentações são dispostas nos horários definidos para que então sejam entregues aos animais pelos Tratadores.

Desde o primeiro horário até quando o sol se põe os animais que estão no Zoo recebem todo o cuidado e atenção necessários, assim, as alimentações são distribuídas ao longo de todo o dia em função da espécie em questão. Dessa forma é de suma importância que todos os envolvidos nesse cuidado mantenham plena comunicação. Os Tratadores dão feedback contínuo aos Zootecnistas sobre a ingestão e que caso considerem necessário, relatam ao Veterinário sobre alguma alteração negativa neste comportamento, da mesma forma que os Biólogos mantêm este olhar minuncioso nos manejos diários. Ou seja, é uma grande e detalhada engrenagem que só funciona devido ao comprometimento e dedicação de toda a equipe do Zoo Pomerode em trabalhar unidos.